Tertúlia cigana deu voz às mulheres

O Alto Comissariado para as Migrações promoveu ontem, dia 9, na Biblioteca Municipal de Elvas, uma “Tertúlia Cigana”.

A iniciativa teve como objetivo “dar a palavra à mulher cigana, algo que infelizmente na nossa sociedade se vê pouco”, segundo Luís Romão, da organização.

“Temos aqui mulheres com 84 anos e miúdas com 16 anos. E é esse mesmo o objetivo. É fazer com que as mais novas conheçam a realidade das mais velhas e não cometam os mesmo erros”, sublinhou.

A sessão faz parte de um conjunto de outras iniciativas que pretendem promover a troca de experiências entre as mulheres ciganas.