Greve encerra escolas em Elvas e Campo Maior

A greve do pessoal não docente, agendada para hoje, sexta-feira, dia 29, prometia encerrar várias escolas no país e é isso que acontece com a Escola Básica Integrada de Vila Boim, a Escola Básica e Ciclo da Boa-Fé, o Centro Escolar Comendador Rui Nabeiro e a Escola Secundária em Campo Maior.

No Agrupamento de Escolas nº 1 de Elvas encerraram os dois maiores estabelecimentos, “a Escola Básica da Boa-Fé e o Ciclo da Boa-Fé, no entanto a Escola da Raposeira, de Alcáçova e das Fontainhas, estão abertas”, segundo Paula Rondão, diretora do Agrupamento.

Fátima Pinto, diretora do Agrupamento de Escolas nº 3 de Elvas, revela que a” escola de Vila Boim não reuniu condições para abrir esta manhã. Já na Secundária D. Sancho II, “não há funcionários em greve.”

Quanto ao Agrupamento de Escolas nº 2 de Elvas, e de acordo com a diretora, Brígida Gonçalves, não há qualquer efeito desta greve, com as duas escolas a funcionar a cem por cento.

A falta de funcionários obrigou ao encerramento do Agrupamento de Escolas de Campo Maior, uma vez que “o número de funcionários não cumpria os requisitos mínimos para o funcionamento dos estabelecimentos”, segundo o diretor do agrupamento, Jaime Carmona.

A greve de pessoal não docente foi convocada para esta sexta-feira, pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas.