Exposição “Leitura por um fio” une trabalhos dos alunos da Eurocidade

“Leitura por um Fio” é o nome da exposição que se assume como o culminar do projeto e-twinning/Eurobec entre três escolas dos três municípios que compõem a Eurocidade.

A exposição foi inaugurada na tarde desta quinta-feira na Escola Superior Agrária de Elvas, na qual foram apresentados os trabalhos desenvolvidos pelos alunos, desde ilustrações a formas artesanais com recurso a trapilho, e que tiveram como base a história “A Aranha Leopoldina que não gostava de fazer teia, mas gostava de fazer meia”

O projeto “Leitura por um fio” surge a partir de um convite da Escola de Badajoz, ao Agrupamento de Escolas nº2 de Elvas e ao Centro Educativo Alice Nabeiro em Campo Maior. A professora Bibliotecária, do Agrupamento de Escolas nº 2 de Elvas, Helena Melo refere que pala além do trabalho prático este projeto pretendeu explorar o comportamento e cidadania dos alunos

A professora afirma que “tudo o que é uma cultura colaborativa produz um trabalho final de grande riqueza, desta forma já estão a dar início a outro projeto.” O novo projeto tem como nome “Um jardim Florido na Raia” e tem por base as Festas do Povo de Campo Maior, onde as crianças vão aprender a fazer as típicas flores de papel, e possivelmente participar nas festas.

Cláudia Poeiras, professora no Centro Educativo Alice Nabeiro refere que este projeto foi “muito interessante” porque permitiu “partilhar as experiências entre as três escolas”.

A embaixadora do projeto e-twinning na Escola C.E.I.P.E. Guadiana, em Badajoz, Triny Perez, refere que “a Eurocidade depende das três localidades e que a ideia é que estas crianças, os cidadãos do futuro, assumam vantagens em trabalhar em conjunto”.

Brígida Gonçalves, diretora do Agrupamento nº 2 de Elvas refere que está “bastante satisfeita e orgulhosa do trabalho desenvolvido pelos alunos”.

Paulo Ferreira, subdiretor da ESAE, afirma que “é com grande gosto que acolhe esta exposição na instituição”. À margem da inauguração, o subdiretor da ESAE lançou o desafio e convite aos alunos do Agrupamento de Escolas nº2 de Elvas, bem como à professora Helena Melo, para que participem no evento “Christmas in ESAE”, onde poderão contar a história em que se basearam para desenvolver os trabalhos da exposição.

Sérgio Ventura, vereador na Câmara de Elvas, marcou presença na inauguração da exposição e disse que “no âmbito do projeto foram realizados vários intercâmbios, o que serve para que os alunos conheçam a Eurocidade e as suas tradições”.

O projeto e-twinning/Eurobec que culminou esta quinta-feira, com a inauguração da exposição “Leitura por um fio”, com trabalhos realizados pelos alunos, na ESAE, onde estará patente até dia 4 de dezembro.