PSP de Elvas detém 3 homens por condução com álcool

O Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública (PSP) realizou, entre 11 e 17 de novembro, duas ações de sensibilização no âmbito da lei das armas; uma de fiscalização no âmbito da atividade dos estabelecimentos comerciais ligados a indústria automóvel; uma de fiscalização no âmbito da atividade dos estabelecimentos comerciais de restauração e bebidas, tendo sido levantado um auto de contraordenação por venda de bebidas alcoólicas a menores de idade; uma no âmbito do combate ao trafico e consumo de estupefacientes, tendo sido identificada uma mulher com 38 anos de idade, por posse de duas doses de haxixe e 0,5gr de liamba, que foi notificada para comparecer na Comissão de Dissuasão da Toxicodependência de Portalegre; três ações de visibilidade em zonas de maior aglomeração de população e nos locais de maior acumulação de tráfico e sinistralidade rodoviária; e nove operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controlados 355 veículos/condutores e detetadas várias infrações.

Em Elvas, foram detidos três homens com 29, 32 e 39 anos de idade por condução de veículo sob o efeito do álcool, os quais acusaram uma TAS de 1,40g/l; 1,61g/l; e 2,82g/l. Foi ainda detido um homem com 39 anos de idade por condução sem habilitação legal. Os mesmos foram constituídos arguidos, sujeitos a termos de identidade residência e notificados para comparecer na Instância Local de Elvas do Tribunal Judicial de Elvas.

Em Elvas, registaram-se ainda três acidentes de viação, dos quais resultaram danos materiais nas viaturas intervenientes.

Em Portalegre, no âmbito de uma investigação de um furto ocorrido numa superfície comercial no passado mês de setembro, foi identificada uma mulher e um homem, com 20 e 26 anos de idade como presumíveis autores do ilícito. Os elementos da Esquadra de Investigação Criminal apreenderam, ainda, um smartphone no valor de 200 euros, o qual já foi devolvido ao seu legítimo proprietário. Os presumíveis autores do furto foram constituídos arguidos, sujeitos termos de identidade e residência, continuando o processo o seu normal decurso.