Combatentes de Elvas e o Armistício da Grande Guerra

O Núcleo de Elvas da Liga dos Combatentes assinala este sábado, 16 de novembro, os 101 anos do Armistício da Grande Guerra, assim como os 96 anos da coletividade.

O fim da Primeira Guerra Mundial será assinalado pelas 11.30 horas, no Jardim do Combatente, junto às portas de São Vicente, em Elvas.

“Temos de relembrar que tivemos lá cerca de 60 mil pessoas a combater. Nessa altura, temos que recordar que estiveram lá portugueses e elvenses, que pertenceram ao Grupo de Artilharia de Montanha nº 5, sediado em Portalegre”, explica o presidente do núcleo, João Baltazar.

Já o aniversário do núcleo será assinalado com um almoço convívio de São Martinho. “As portas do núcleo abriram, pela primeira vez, a 16 de outubro de 1923”, revela ainda João Baltazar, adiantando que o núcleo foi fundado pelo Capitão Silva, natural de Elvas, que pertencia à direção nacional da Liga dos Combatentes.