Médico Pintão Antunes e a diabetes na Rádio ELVAS

O Dia Mundial da Diabetes assinala-se esta quinta-feira, dia 14. A nível mundial existem cerca de 400 milhões de pessoas que sofrem de diabetes. Em Portugal, existe mais de um milhão de pessoas diagnosticadas.

Estes números têm “tendência a aumentar,” segundo médico pintão Antunes, uma vez que quanto mais desenvolvidos forem os países, a  tendência a aumentar é maior, devido ao sedentarismo da população.

A diabetes é uma “doença silenciosa” e caracteriza-se pelo “aumento dos níveis de açúcar no sangue, devido à falência de vários órgãos, nomeadamente do pâncreas, ao qual cabe a produção de insulina, que deve ser transportado para as células”. Quando tal não acontece, “passa a existir excesso de açúcar no sangue”, como explica o médico Pintão Antunes.

Existem dois tipos de diabetes, a diabetes tipo I, que é auto imune, ou seja é genética, e a diabetes tipo II que é a diabetes adquirida, ou seja, resulta de vários fatores de risco. Existe ainda a diabetes gestacional que dura durante a gravidez, mas deve ser vigiada para não se tornar em diabetes tipo II.

Um dos fatores mais comuns, e que desencadeia a Diabetes é a obesidade o sedentarismo da sociedade atual, neste sentido, o médico Pintão Antunes, considera que “o foco neste momento deve ser a criança”.

O médico Pintão Antunes, em conjunto com a Fundação Mariana Martins e o projeto  Mais Sucesso Escolar, está a desenvolver um projeto junto das escolas, “de forma a prevenir  a diabetes na criança, a educar e detetar a criança com o risco de diabetes, e caso existam estes casos, são posteriormente encaminhados para uma consulta.”

O projeto, para o médico Pintão Antunes, está a ter “um grande sucesso”, e considera que “esta é a forma possível para atrasar o aparecimento da doença, reduzi-la ou mesmo anulá-la.”