Festival Ibérico do Javali em S. Marcos do Campo este fim de semana

O Município de Reguengos de Monsaraz e a União das Freguesias de Campo e Campinho organizam de 1 a 3 de novembro a segunda edição do Festival Ibérico do Javali. O evento, que decorre em S. Marcos do Campo, localidade rica em recursos cinegéticos, terá stands com artigos de caça e restaurante com gastronomia confecionada com base nos pratos de caça.

A cerimónia de inauguração do Festival Ibérico do Javali decorre esta sexta-feira, dia 1 de novembro, às 16 horas, seguindo-se pelas 18.30 horas a atuação do Grupo Lírios do Campo. A fechar a primeira noite realiza-se, às 22 horas, um concerto com o grupo Rumo ao Sul.

No dia 2 de novembro, a partir das 9 horas, haverá uma montaria ao javali e às 10 horas abrem as tasquinhas. Pelas 16 horas, o chefe Hélio Loureiro, gastrónomo, investigador e autor de mais de vinte livros de gastronomia, vai apresentar o showcooking “Sabores do Montado”, em simultâneo com a abertura oficial da Semana Gastronómica da Caça nos restaurantes do concelho. Às 19 horas atua o grupo Al-Canti e pelas 21.30 horas realiza-se um baile com Artur Barroso.

No último dia do evento, as tasquinhas abrem às 10 horas e uma hora mais tarde inicia-se o colóquio “Javali, uma praga ou uma oportunidade”. O grupo Encanta Modas vai subir ao palco às 16 horas. Segue-se pelas 17.30 horas o grupo Brisas do Alentejo, e a fechar, a partir das 19 horas, atua o Grupo Vozes de Alqueva. Durante o Festival Ibérico do Javali estará patente a exposição de pintura “Compañeros”, de Ignacio Rodriguez Arbaizagoitia.