A publicação Monitor da Educação 2019 no “Espaço Europa”

O Monitor da Educação 2019 é a publicação da Comissão Europeia que ajuda os Estados Membros a comparar e a melhorar os sistemas de ensino nos seus países.

Esta publicação baseia-se em inquéritos a professores e em estudos comparativos nos diversos países sobre o nível de ensino, taxas de abandono escolar, de emprego de jovens licenciados, várias variáveis analisadas.

A edição de 2019 foca-se nos professores, e a análise aos inquéritos mostra que “há progressos na educação, no entanto há também uma maior necessidade de apoiar os professores”. Segundo esta publicação e tal como refere Ana Pereira do Gabinete Europe Direct do Alto Alentejo, “os profissionais de ensino precisam de mais formação no uso das Tecnologias da Informação e Comunicação tecnologias, de apoio no ensino de alunos com necessidades educativas especiais, e apoio no ensino em salas de aula com diferentes culturas ou etnias”.

Ana Pereira explica que, “em Portugal os professores estão satisfeitos com o trabalho, mas identificam algumas lacunas”, como por exemplo “o envelhecimento da população docente, a elevada proporção de pessoal não permanente nas escolas, assim como falta de integração e apoio entre os professores. Ana Pereira afirma ainda que “estamos abaixo da média europeia em alguns pontos significativos, como o abandono escolar, número de diplomados no ensino superior, e temos poucos adultos em aprendizagem ao longo da vida.”

A publicação monitor da educação é o tema em destaque esta semana do programa Espaço Europa.