CURPI de Campo Maior inicia ano letivo com 64 alunos inscritos

O ano letivo 2019/2020 arrancou na tarde de ontem, segunda-feira, dia 30, na Academia Sénior da CURPI de Campo Maior.

Para José Pedro Caldeirão, presidente da instituição “as inscrições ultrapassaram todas as expetativas”, uma vez que se previam 50 alunos inscritos e “neste momento são já 64”.

Tapetes de Arraiolos, Flor de Papel, oficina da Memória, psicomotricidade, artes decorativas, informática, pintura, história, dinâmicas, pintura, artes decorativas, cidadania, promoção de saúde e poesia são as aulas que compõem o horário para este ano letivo.

O presidente da instituição refere que “além de uma componente teórica todas as aulas têm uma grande componente prática, e é isso que move os alunos a gostar e estar presentes nestas aulas.”

A disciplina de promoção de saúde deu início a este ano letivo, e o médico Álvaro Pacheco é o responsável pela mesma, e explica que “o objetivo é dar noções de saúde, e esclarecer dúvidas aos alunos”. Quando existem epidemias de saúde o médico refere que, nas aulas, explica aos alunos o ponto de vista científico para posteriormente transmitirem aos familiares”.

A nossa reportagem falou com alguns alunos que afirmam que as aulas na CURPI são uma forma de distração, mas também servem sobretudo para aprenderem novos conteúdos e novos ofícios.

São 64 os alunos que frequentam as diversas disciplinas na Academia Sénior de Campo Maior.