Comerciantes decoram montras e convidam a reviver a romaria

A 5ª edição do concurso “Reviver a Romaria”, promovida pela Associação Empresarial de Elvas está a decorrer até domingo, dia 29, em cerca de 30 estabelecimentos da cidade.

A Rádio ELVAS falou com alguns os comerciantes que decoraram as suas montras com elementos ligados à tradição da Feira de São Mateus e Festas em honra do Senhor Jesus da Piedade.

Mafalda Matos da S&A Boutique e Estética considera que “é importante divulgar esta tradição” e explica que na sua montra faz “uma homenagem à Banda 14 de janeiro, com fardas e instrumentos mais antigos à qual juntou programas antigos das festividades, como por exemplo do ano de 1737 e 1863”. Mafalda afirma quianda que as pessoas demonstram uma grande curiosidade pelos elementos decorativos e alusivos a esta época festiva.”

A DVI Informática localiza-se na Rua da Feira, e Maria João Palma explica que esta iniciativa é uma mais-valia “para atrair pessoas ao comércio, uma vez que as montras ficam mais bonitas e diferentes”. Maria João Palma refere que decorou a montra com cacos e mantas alentejanas e cadeiras de flores”.

 

 

Rosália Oliveira, proprietária da Casa Sarapico afirma que “foi com muito gosto que fez da sua montra”, e adianta que “a iniciativa é importante para a cidade e para o comércio”. No seu estabelecimento a montra está decorada com “a espiga, um chapéu de palha, um lenço e tecidos de Alcobaça que fazem parte da romaria”.

A Tabacaria Painho tem três montras decoradas e Laura Painho, refere que “quando decorou a montra pensou em aliar os produtos que têm em loja como navalhas, sabonetes e produtos de barbearia, com os motivos alusivos aos momentos antigos de romaria”. As montras têm elementos com “tapeçarias alentejanas, panos bordeaux do Senhor Jesus da Piedade, bem como a sua figura, e também muitos programas das Festas de São Mateus. Laura Painho acrescenta que as pessoas se mostram “muito interessadas” e que “as montras deveriam ser decoradas em todas as alturas festivas, pois conferem um outro dinamismo e mostram

que os comerciantes tem interesse em dinamizar o comércio e expor os seus produtos.”

As montras ou estabelecimentos a concurso são avaliadas por um júri composto por três elvenses que atribuem classificações de 1 a 10 valores. Esta votação tem uma cotação de 50% sobre o resultado final, os restantes 50% serão atribuídos através da página de facebook da Associação Empresarial de Elvas, onde a mesma pessoa só poderá votar uma única vez.

Esta iniciativa, organizada pela Associação Empresarial de Elvas, conta com o apoio da Câmara Municipal de Elvas.