Trabalhos de casa em férias no “De olho na Saúde Mental”

No período de férias escolares são muitas as crianças que têm trabalhos de casa, de forma a consolidar e não esquecer a matéria lecionada ao longo do ano letivo.

A psicóloga Liliana Pilha defende, que “nas férias, as crianças não devem realizar trabalhos que tenham a ver com a matéria que aprendem ao longo do ano, mas sim, usufruir do tempo livre para brincar”. “A zona rural onde vivemos permite o brincar na rua, e permite que as crianças aproveitem para estar com os amigos”. “As férias de verão já são mais curtas que em anos anteriores, se os sobrecarregarmos com trabalhos de casa e fichas eles não vão ficar mais inteligentes, nem saber mais coisas.” A psicóloga lança um desafio aos professores, na tentativa de perceber “se aqueles que realizam fichas e trabalhos de casa, sabem mais ou menos do que aqueles que não as fizeram.”

Os trabalhos de casa nas férias escolares são o tema desta semana do programa “De Olho na Saúde Mental”, com a psicóloga Liliana Pilha.