GNR detém 54 pessoas no distrito de Portalegre

A Guarda Nacional Republicana (GNR) desenvolveu, entre 28 de junho e 1 de setembro, um conjunto de ações preventivas com o objetivo de reduzir a sinistralidade rodoviária.

“A operação Hermes fiscalizou, no distrito de Portalegre, cerca de sete mil condutores, tendo sido detetados 91 a exercer a condução sob influência de álcool, dos quais 37 foram detidos”, segundo o major David Pires, do Comando Territorial da GNR de Portalegre.

“A GNR deteve ainda 17 pessoas por falta de habilitação legal para conduzir e registou mais de 1500 contra ordenações rodoviárias, das quais se destacam 425 por excesso de velocidade e 86 por falta de inspeção obrigatória”, sublinhou.

A nível nacional, a GNR registou 103 mil contraordenações, a maioria devido a excesso de velocidade. Neste período, morreram 85 pessoas, menos 15 do que no ano passado.