DECO alerta para compra de medicamentos online

A compra de medicamentos online deve ser feita em sites autorizados. As farmácias online seguras, informa a DECO, são identificáveis com um logótipo e um link para a autoridade competente do Estado-membro onde se encontra registado o site.

É de desconfiar da origem dos medicamentos quando o site não tem contactos telefónicos, pratica preços muito mais baixos do que a concorrência, vende medicamentos sem a necessária prescrição médica e troca os pedidos.

Segundo Isabel Curvo, jurista na delegação de Évora da DECO, há muitos portugueses a comprar medicamentos pela internet, sendo que os analgésicos e comprimidos para emagrecer são os mais procurados.

Para a Organização Mundial da Saúde, um medicamento contrafeito é toda a imitação de produtos de marca ou genérico, produzida fora do laboratório original, sem autorização.