Adjudicação da EB 2,3 nº1 de Elvas assinada no salão nobre

A cerimónia de assinatura do contrato de adjudicação da empreitada de construção da Escola Básica 2,3 nº 1 de Elvas, em Santa Luzia, decorreu na manhã desta sexta-feira, dia 12, no salão nobre da Câmara Municipal de Elvas.

A sessão contou com a presença do ministro do Planeamento, Nelson de Souza, que considerou este dia “muito importante não só para Elvas mas para toda a região”.

Nuno Mocinha, presidente da Câmara Municipal de Elvas, garantiu que “o que para muitos é um sonho, para a autarquia é uma realidade”. Em causa está um investimento global de cerca de 7,7 milhões de euros, estando já assegurado um financiamento comunitário de 4,5 milhões de euros. Em cima da mesa está agora a procura de outros financiamentos que cubram parte dos três milhões de euros que ainda faltam, ou terá “que ser a câmara a incluir esse investimento no orçamento municipal”.

Roberto Grilo, presidente da CCDR Alentejo, garantiu que “a área da educação é sempre uma das prioridades” da entidade que dirige.

A diretora do Agrupamento de Escolas nº 2 de Elvas, Brígida Gonçalves, mostrou-se “muito satisfeita e orgulhosa deste projeto”

Maria de Fátima Quaresma liderou o Agrupamento ao longo de 33 anos é atual Diretora Emérita e referiu-nos que “a luta por uma escola nova já dura há vários anos”.

A obra tem um prazo de execução de 22 meses e o início dos trabalhos está previsto para o mês de junho.