CPCJ de Elvas e Arkus sensibilizam para maus tratos na infância

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Elvas e a Associação Arkus promoveram hoje (quinta-feira, dia 11) uma campanha nas ruas históricas da cidade. A ação pretende consciencializar e sensibilizar as pessoas para a história “Laço Azul” e, por isso, distribuíram fitas e laços azuis.

A presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Elvas, Joana Muñoz, explicou ser “muito importante contar com a colaboração da associação Arkus”.

Pela parte da Arkus, a coordenadora dos projetos da associação, Raquel Real, indicou que “andaram disfarçados de mimos porque incluíram a iniciativa «Mima a tua Escola»” e “sem falar comunicaram a mensagem que queriam passar”.

Durante a manhã, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Elvas e a Associação Arkus andaram a distribuir laços para sensibilizar as pessoas para os maus-tratos e a necessidade da proteção das crianças.

A campanha do laço azul iniciou-se em 1989, em Virgínia, Estados Unidos, quando a avó Bonnie Finney amarrou uma fita azul à antena do seu carro, incentivando a curiosidade da comunidade. A história real, que a avó contou a todos os que a questionaram, alertava para a trágica histórica sobre os maus-tratos à sua neta. O azul era um lembrete constante para a luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.