Elvas fora dos circuitos turísticos da Nortravel

A cidade de Elvas, classificada como Património Mundial pela Unesco, está fora dos circuitos turísticos das Viagens Nortravel para 2019.

Os programas da agência de Viagens Nortravel, com sede no Porto e com uma experiência de mais de 20 anos no mercado, tem dois programas de viagens que passam pelo Alentejo, Algarve, Sevilha e Andaluzia, mas nenhum deles inclui visitas ao património de Elvas.

 

O circuito Alentejo, Algarve e Sevilha passa durante dois dias por Évora, Estremoz, Vila Viçosa e Monsaraz e apesar da proximidade não inclui Elvas. Destaca “Estremoz, onde daremos um passeio pela cidade branca e nobre que se divide em dois núcleos que marcam a sua evolução: o casario medieval junto ao castelo e, fora das muralhas, a vila moderna. Tempo livre para almoçar. De tarde, Vila Viçosa com visita ao Paço Ducal e dormida de regresso a Évora.  No dia seguinte uma passagem por “Monsaraz, vila medieval que conservou as suas caraterísticas ao longo dos séculos”.

O outro circuito que se destina à Andaluzia, inclui um “almoço em Badajoz” seguindo depois para Córdova, sem qualquer referência a Elvas, ao lado de Badajoz.

Pelo menos para esta agência de viagens, Elvas e os seus oito quilómetros de muralhas abaluartadas, o aqueduto da Amoreira e os Fortes da Graça e Santa Luzia, galardoada pela Unesco em 2012, continuam, em 2019, a não fazer parte dos roteiros dos circuitos turísticos.