Parlamento Europeu acaba com mudança da hora em 2021

O Parlamento Europeu votou pelo fim da mudança bianual da hora legal. No entanto tudo indica que a abolição do acerto sazonal dos relógios ocorra apenas em 2021.

Vai caber a cada Estado-Membro decidir se quer aplicar a hora de verão ou a hora de inverno, mas os países da União Europeia devem coordenar entre si a escolha das respetivas horas legais, de modo a salvaguardar o bom funcionamento do mercado interno, e notificar essa decisão a Bruxelas até 1 de abril de 2020.

A proposta é que a última mudança obrigatória para a hora de verão ocorra no último domingo de março de 2021. Os Estados-Membros que optem pela hora de inverno acertariam ainda uma vez os relógios no último domingo de outubro de 2021. Após essa data, as mudanças de hora sazonais deixamde ser possíveis.

Atualmente, existem três fusos horários na UE: a hora da Europa Ocidental ou Tempo Médio de Greenwich (Portugal, Irlanda e Reino Unido), a hora da Europa Central (17 Estados-Membros), e a hora da Europa Oriental (Bulgária, Chipre, Estónia, Finlândia, Grécia, Letónia, Lituânia e Roménia). Para os Açores e as Ilhas Canárias vigoram disposições especiais.