Cáritas ajuda 70 famílias em Portalegre

Cerca de 70 famílias em Portalegre dependem da ajuda alimentar da Cáritas. A instituição gasta mensalmente 500 euros em bens de primeira necessidade para ajudar quem precisa.

A Cáritas utilizou 50 mil euros do Fundo Social Diocesano para pagamento de rendas, deslocações para exames médicos, e outras despesas.

Elicídio Bilé, presidente da Cáritas de Portalegre e Castelo Branco, referiu que “este ano foi complicado”, devido “ao desemprego e ao envelhecimento da população”. Elicídio Bilé espera que este novo ano traga “boas notícias” para as famílias mais carenciadas.