Mensagem de Natal do Alcaide de Badajoz, Francisco Fragoso

O Alcaide de Badajoz, Francisco Fragoso já deixou a sua mensagem de Natal:

Quando o Natal regressa a Badajoz, com ele regressam os bons momentos, as melhores lembranças e os propósitos mais especiais. Eles regressam com o Natal as melhores memórias, as esperanças para o futuro, as afetos atuais, as imagens que nos dizem tanto, a música que tanto gostamos, os dias e as noites que desfrutamos com a família e os amigos. O Natal é tempo de muitas coisas, mas acima de tudo, lembrar daqueles que partiram e ser feliz com aqueles que ainda nos acompanham. O Natal é tempo de tudo e de todos, tempo para ninguém se sentir excluído, tempo para integrar, para ser solidário, generoso, amigável e tremendamente humano, sem deixar de lado a essência do próprio Natal.

O Natal tem a ver com um discurso, com uma mensagem, com uma crença e com uma maneira de entender a vida que milhões de pessoas em todo o mundo compartilham. E sem esquecer a mensagem autêntica do Natal, algo sobre o qual não podemos nem devemos deixar de reflectir porque faz parte da nossa cultura, da nossa história, aceitamos com prazer, nos adaptamos a essa outra realidade que o Natal nos encara: envolvemo-nos nas reuniões, na busca da felicidade, no desenvolvimento da paz, no estabelecimento de condutas que permitam uma maior qualidade de vida em comunidade. O Natal pode ser tudo o que todos queremos que seja e nós respeitamos aqueles que não acreditam no Natal ou não compartilham o espírito que sustenta uma festa que é mais que uma celebração, uma celebração que nos une em torno de emoções e crenças que nos ajudam como pessoas e cidadãos.