Assembleia da CIMAC quer mais paragens entre Elvas e Sines

Foi aprovada, por unanimidade, na Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), uma moção do PSD de Évora, em defesa da construção de estações de mercadorias e da utilização da linha ferroviária Sines-Caia também para o transporte de passageiros.

O projeto já estabelecido de acordo com o Plano Estratégico dos Transportes e Infraestruturas 2014-2020 (PETI3+) define:

– A criação de uma linha ferroviária que ligue Sines a Espanha e por consequência ao resto da Europa;

– possibilitar a estruturação das acessibilidades do país quer internamente (tanto para mercadorias como para passageiros).

Entre Sines e Badajoz, estão previstas poupanças de três horas de trajeto para comboios de mercadorias, bem como o aumento da capacidade de carga de 360 toneladas por locomotiva.

De acordo com o PSD, este projeto não previa, no entanto, as paragens dos comboios de mercadorias e a utilização de toda a linha no âmbito do transporte de passageiros.

Os sociais-democratas sugeriram, por isso, assegurar a paragem de comboios de mercadorias no Alentejo em locais como Évora, Estremoz, Borba, Vila Viçosa e Alandroal. Para além disto, sugeriram também adotar as medidas necessárias que permitam o imediato aproveitamento de toda a infraestrutura para o transporte de passageiros.

Esta moção foi aprovada por unanimidade na Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.