Rosália Guerra no “Cuidar na Demência”

As pessoas com Demência continuam a necessitar de amor, relações seguras e toque carinhoso. No entanto, as pessoas vão variar nas maneiras individuais de dar e receber afeto e na forma como a Demência vai afetar estas capacidades.

A intimidade e a sexualidade na pessoa com Demência “podem muitas vezes causar algumas dúvidas que devem ser partilhadas com um profissional”, de acordo com Rosália Guerra (na foto), do Gabinete Alzheimer Maior de Campo Maior.

A intimidade e a sexualidade na pessoa com Demência estão em destaque na edição de hoje do programa Cuidar na Demência.