Príncipe D. Afonso de Bragança estagia nos Bombeiros Voluntários de Lisboa

Fotografia de Paulo Vitorino

“O Senhor Dom Afonso, Príncipe da Beira, entrou em estágio, como Estagiário Especialista n° 1.231, na Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lisboa.  A Associação volta a ter um elemento da Família Real Portuguesa no seu Corpo de Bombeiros”.

É desta forma que no Facebook, a Causa Real anuncia a entrada do Príncipe da Beira e Duque de Barcelos, segundo na linha de sucessão ao trono caso Portugal regresse à monarquia, num estágio dos bombeiros lisboetas.

D. Afonso, filho primogénito de Dom Duarte Pio e de Dona Isabel de Herédia, está em estágio nos Bombeiros Voluntários de Lisboa, na área Social e de Emergência Pré-Hospitalar.

O estágio de D. Afonso de Bragança, relata o Observador, começou ontem, quarta-feira e o príncipe, disse à reporter que  “foram muito simpáticos, mostraram como funcionava o quartel e introduziram-me no grupo”.  Afonso acrescentou que “quando era pequeno já pensava em tornar-me bombeiro ou polícia”.

D. Afonso, que completou 22 anos a 25 de março, vai ter quase um ano de treinos para ver se está apto a cumprir a missão dos Bombeiros Voluntários de Lisboa, que celebram 150 anos de existência.

A Causa Real menciona o fato da família Real voltar a esta presente nos bombeiros já que irmão do Rei D. Carlos, D. Afonso de Bragança, conhecido como o Infante D. Afonso, duque do Porto, fundou essa corporação a 10 de abril de 1880 e foi comandante honorário dos Bombeiros Voluntários da Ajuda.