Auxiliares de marcha no “Envelhecer Melhor”

Os dispositivos auxiliares de marcha são usados com frequência por idosos ou pessoas afetadas por problemas nos ossos e articulações, como fraturas e artrose, para fornecer maior liberdade de movimento e independência enquanto ajudam no equilíbrio.

A Fisioterapeuta do Centro Humanitário de Elvas da Cruz Vermelha Portuguesa, Inês Laço, refere-nos que existem três tipos de auxiliares de marcha: “as bengalas, canadianas e andarilhos”.

Nenhum dispositivo será o ideal para todas as situações. A seleção do dispositivo mais adequado depende da força do paciente, resistência, equilíbrio, função mental e questões do local onde o indivíduo movimenta-se.´

Os auxiliares de marcha são o tema da edição de hoje do programa Envelhecer Melhor.

Share on FacebookTweet about this on Twitter