Greve de professores: 100% no Agrupamento nº 3 de Elvas

A avaliação dos alunos, no agrupamento nº3 de Elvas, está em risco devido à greve dos professores às reuniões.

Até ao momento, ainda não se realizou qualquer reunião às avaliações, de acordo com Fátima Pinto, diretora do Agrupamento.

Os professores reivindicam o tempo de serviço de nove anos, quatro meses e dois dias em que a carreira esteve congelada.

A greve poderá ser mantida, segundo os sindicatos, até 13 de julho.