Greve de professores “com forte adesão” no distrito de Portalegre

Os Sindicatos da Fenprof iniciaram uma greve às avaliações “com forte adesão na maioria das escolas do distrito” de Portalegre, segundo fonte sindical.

Em oito agrupamentos ou escolas, os Agrupamentos de Escolas de Arronches, Avis, AE nº1 de Elvas – Boa Fé, na Escola Secundária D. Sancho II de Elvas, nos Agrupamentos de Gavião, Monforte, AE nº1 de Portalegre – José Régio e na Escola Secundária S. Lourenço em Portalegre, – a greve teve, no dia de ontem, 18 de junho, teve 100% de adesão, não se realizando nenhum dos Conselhos de Turma de avaliação que estavam agendados.

Com a excepção do Agrupamento de Sousel, onde não se registou adesão à greve, em todos os restantes agrupamentos de escolas houve reuniões que não se realizaram, com valores entre os 70% e os 30% de reuniões não realizadas.

Os professores reivindicam o tempo de serviço de nove anos, quatro meses e dois dias em que a carreira esteve congelada.

A greve poderá ser mantida, segundo os sindicatos, até 13 de julho.

Share on FacebookTweet about this on Twitter