Suspeito do homicídio em Vendas Novas vai a Tribunal quinta-feira

O alegado homicida, natural de Elvas e residente na Terrugem, do crime cometido na área de serviço de Vendas Novas, que resultou na morte de um homem, foi presente, na tarde de quarta-feira dia 4, ao Tribunal de Montemor-O-Novo, mas o interrogatório prossegue amanhã, quinta-feira.

Segundo fonte do Comando Territorial de Évora da GNR, em declarações à agência Lusa, o suspeito irá “pernoitar hoje nas instalações” da Guarda Nacional Republicana.

O homem “foi presente a tribunal, mas vai dormir nas nossas instalações e, na quinta-feira de manhã, volta a ser ouvido pelo juiz”, assegurou fonte da GNR.

Os motivos que levaram ao homicídio do funcionário da área de serviço de Vendas Novas, cujo óbito foi declarado no local, estão “ainda por determinar”, segundo a fonte.

O presumível crime foi cometido no sentido Marateca – Montemor da A6 e a vítima mortal era funcionário das bombas de combustível, desta área de serviço, natural de Vendas Novas e de onde estaria a sair do turno.