Sessão em Elvas do Orçamento Participativo com Graça Fonseca

A sessão do Orçamento Participativo Portugal 2018 realizou-se na noite de terça-feira em Elvas, no Centro de Negócios Transfronteiriço.

A reunião contou com a participação da secretária de Estado da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, sendo o valor deste ano até 300 mil euros, por projeto.

As propostas mais votadas até 30 de setembro vão ser executadas. No ano passado, uma das propostas vencedoras permitia a quem nasceu em 2000 e, por isso complete 18 anos, poder entrar gratuitamente em vários locais gratuitamente em todo o país.

A verba do Orçamento do Estado prevista para as propostas recolhidas passou de três para cinco milhões de euros. A iniciativa conta também com uma plataforma online (opp.gov.pt), onde as ideias poderão ser submetidas, ainda que as sessões por todo o país se mantenham.

O Orçamento Participativo, enquanto mecanismo de governação e participação cívica, é utilizado em vários pontos do mundo, como Nova Iorque ou Paris, mas usualmente em termos locais ou regionais. Portugal é, até agora, pioneiro no alargamento da iniciativa à dimensão nacional.