Não há casos de sarampo registados no distrito de Portalegre

portugal-enfrenta-novo-surto-de-sarampoVários casos de sarampo têm vindo a ser diagnosticados em Portugal e na Europa.

A doença foi considerada extinta, mas existem focos provenientes de outros países onde ainda existirá a doença que permitiram que pessoas em contacto com o vírus tivessem sido infectadas.

O sarampo é uma doença muito contagiosa que se não for detectada e tratada, pode evoluir para um quadro grave. A vacinação é a medida mais eficaz de prevenção contra esta doença, com mais de 90% de eficácia, e é gratuita. Pessoas com as defesas em baixo podem ter mais dificuldade em conseguir uma melhor eficácia.

“O distrito de Portalegre não regista casos de sarampo”, segundo declarações de Margarida Silva, delegada de Saúde da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA).

Febre, conjuntivite, pingo no nariz e erupção cutânea são alguns dos sintomas mais comuns nesta doença infecciosa e a vacinação desempenha um papel muito importante na prevenção do Sarampo.

Pessoas que não têm a vacinação completa ou que nasceram depois de 1960 são os principais grupos de risco.

Novos casos de sarampo detectados devem ser comunicados, de imediato, ao delegado de Saúde da zona.