Assembleia Municipal de Elvas discute venda da Herdade D. João

herdade d joaoA Assembleia Municipal de Elvas reúne em sessão extraordinária amanhã, terça-feira dia 20, às 10 horas, no salão nobre da Câmara Municipal, com dois pontos na agenda.

A realização de um referendo sobre a venda da Herdade de D. João e a Herdade de D. João; uma doação em herança, à Câmara Municipal de Elvas, através do testamento de Isabel Maria Picão, em 1944. O executivo votou favoravelmente a venda do imóvel, mas a oposição está contra.

A solicitação do agendamento de uma Assembleia Municipal extraordinária partiu do Movimento Cívico Por Elvas, do CDS e do PSD, com assento na Assembleia e do Bloco de Esquerda, que não tem deputados municipais.

A CDU não reuniu com as restantes forças da oposição e demarcou-se do assunto, que considera do âmbito da gestão autárquica.

Os partidos da oposição defendem a realização de um referendo sobre a venda da Herdade de D. João.

Pode ouvir as declarações  de João Barradas (PSD), Tiago Abreu (CDS) e Rondão Almeida (RA-MCPE) nos nossos noticiários