Reunião de Câmara: Pontos aprovados por unanimidade

ReuniaoCamara17Agosto2014O executivo camarário elvense reuniu na tarde desta quarta-feira, 27 de agosto, em sessão aberta ao público. Todos os pontos da ordem de trabalhos foram aprovados, por unanimidade.

O presidente da Câmara de Elvas, Nuno Mocinha, revela que “a reunião decorreu normalmente”, tendo existido, “por parte de alguns vereadores, algumas recomendações à Câmara” referindo ainda que “a ordem de trabalhos foi toda aprovada”.

Já Rondão Almeida considera que a reunião decorreu “dentro da normalidade”, com toda a “ordem de trabalhos a ser aprovada por unanimidade”.  O vereador assegura que deixou como recomendação ao executivo que “o mais urgente possível é que se proceda à entrega das casas que foram recuperadas nos últimos anos e que estão devolutas, tanto dentro do centro histórico, como na Boa-Fé”.

A vereadora Elsa Grilo assegura que esta foi uma reunião, que “como seria de esperar”, “decorreu dentro da normalidade por parte de eleitos responsáveis”. “Acho que a população de Elvas, com esta forma de atuar da parte de todos nós, só tem a ganhar, uma vez que estamos cá para votar favoravelmente a favor das populações”, alega.

O vereador do CDS-PP, Tiago Abreu, realça a aprovação do seu ponto proposto na ordem de trabalho, “aprovado pelo presidente da Câmara”. O ponto proposto por Abreu diz respeito ao aumento do tempo gratuito de estacionamento de 30 para 45 minutos para quem se deslocar ao centro histórico de Elvas.

Entre os pontos aprovados contam-se a “atribuição de subsídios e material escolar; empreitada de recuperação e adaptação do Forte da Graça para desenvolvimento de atividades culturais e o novo modelo de gestão para as corridas de touros no Coliseu Comendador Rondão Almeida”.