Fábrica de aeronáutica em Grândola prevê mais de 320 trabalhadores

unnamed (1)Este mês, inicia-se a construção de uma grande unidade fabril de aeronáutica, em Grândola, anunciou a empresa Lauak.

De acordo com os depoimentos da empresa, a Lauak irá fazer um investimento superior a 32 milhões de euros, numa unidade fabril que produzirá materiais compósitos e portas de bagageira de carga para a Airbus.

A empresa tem como objectivo arrancar com a construção da fabrica já este mês de fevereiro, prevendo estar a produzir em 2019.
Para esse mesmo ano, estão previstos 100 trabalhadores mas conta que, em 2023, a Lauak já tenha criado 325 postos de trabalho, tal como afirma Armando Gomes, o responsável da empresa.

Share on FacebookTweet about this on Twitter