Festival de Cinema de Guerra da Raia começa hoje em Elvas

festivalcinema2018A AIAR – Associação de Desenvolvimento pela Cultura, promove a segunda edição do Festival de Cinema de Guerra da Raia, que começa hoje, 5 de janeiro e termina a 27 deste mês.

No primeiro fim de semana, 5, 6 e 7 de dezembro, há vários eventos, como nos disse Carlos Correira Dias, presidente da AIAR. “Este festival é único no mundo, não há festivais de cinema de guerra”, adiantou Carlos Correia Dias.

Com um total de 24 filmes e curadoria do grupo Cinema Fora dos Leões, ligado à Universidade de Évora, o festival vai passar pelas telas da cidade de Elvas, no Auditório São Mateus, na Escola Secundária D. Sancho II e no Museu Militar.

Em competição vão filmes como “Dunkirk”, de Christopher Nolan, “A escolha do Rei”, de Erik Poppe, “IDA”, de Pawel Pawlikowski, “A noite cairá”, de André Singer, “A grande muralha”, de Zhang Yimou, “Espírito de 45”, de Ken Loach, e “O último dos injustos”, de Claude Lanzmann.

O júri integra o colecionador de arte elvense António Cachola, o investigador Sérgio Carvalho, o historiador militar Abílio Pires Lousada e é presidido pelo realizador João Botelho.

Além dos filmes em competição, o festival conta com três secções autónomas: “Évora em Elvas”, da responsabilidade do grupo Cinema Fora dos Leões, “Memória da Guerra de África”, do Cineclube e da Liga dos Amigos do Museu Militar de Elvas, e a “Maratona Guerra das Estrelas”, que decorre na Escola Secundária D. Sancho II de Elvas.

O Segundo Festival de Cinema de Guerra da Raia, começa hoje e termina a 27 de janeiro, numa organização da AIAR com o apoio do Município de Elvas e da Direção Regional de Cultura do Alentejo.

Oiça as declarações nos nossos noticiários.

Share on FacebookTweet about this on Twitter