Escola Agrária de Elvas recebeu 1 aluno na 3ª fase e sobram 75 vagas

Agraria.jpgOs resultados da terceira fase de acesso ao Ensino Superior voltaram a não ser bons para a Escola Superior Agrária de Elvas (ESAE), que recebeu apenas um aluno, em Enfermagem Veterinária, tendo ficado por preencher 75 vagas no concurso nacional.

Por cursos, Agronomia ficou com 34 vagas livres, Enfermagem Veterinária com 24 vagas e Equinicultura com 17 vagas sobrantes.

De acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), no final da terceira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, o Instituto de Portalegre tinha 229 vagas para os 17 cursos e só atribuiu 31 vagas, ficando 198 por atribuir.

No final da terceira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior ficaram colocados nas universidades e politécnicos públicos 46.544 estudantes, um acréscimo superior a mais de mil novos alunos face ao concurso de 2016, quando nas três fases foram colocados 45.367 candidatos.

Nome do Curso Vagas
colocadas a
concurso
Vagas de recolocação Colocados Vagas Sobrantes
Escola Superior de Educação e Ciências Sociais
Serviço Social (regime pós-laboral) 20 0 0 20
Serviço Social 1 1 0 2
Turismo 0 1 1 0
Jornalismo e Comunicação 6 0 4 2
Educação Básica 19 0 4 15
Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Design de Comunicação 11 0 0 11
Engenharia Informática 1 0 1 0
Gestão 9 2 3 8
Design e Animação Multimédia 1 1 0 2
Administração de Publicidade e Marketing 2 0 2 0
Gestão (regime pós-laboral) 25 0 1 24
Tecnologias de Produção de Biocombustíveis 25 0 0 25
Escola Superior Agrária de Elvas
Agronomia 34 0 0 34
Enfermagem Veterinária 25 0 1 24
Equinicultura 17 0 0 17
Escola Superior de Saúde
Enfermagem 4 5 9 0
Higiene Oral 19 0 5 14
 Totais 219 10 31 198
Share on FacebookTweet about this on Twitter