Escola Agrária de Elvas com vagas praticamente todas preenchidas

DSC_0031A Escola Superior Agrária de Elvas (ESAE) recebeu apenas um aluno, na terceira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior.

O diretor da escola, José Manuel Rato Nunes, em declarações à Rádio ELVAS, afirmou que “não é um dado preocupante”, porque a maior parte dos alunos que a Escola recebe “são colocados através de concursos locais”, ou seja, alunos que concorrem no regime de mais de 23 anos, ou alunos que transitam dos cursos profissionais para a licenciatura e  frisou que, neste momento, “os cursos estão todos praticamente preenchidos”.

Segundo o diretor, as vagas de Enfermagem Veterinária (35) estão todas preenchidas. No caso do curso de Agronomia que também tinha 35 vagas, estão colocados 30 alunos e em Equinicultura, com 15 vagas, a Escola Superior Agrária conseguiu colocar 12 alunos, que já estão matriculados. Veja aqui os dados da 3ª fase.

De acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), no final da terceira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, o Instituto Politécnico de Portalegre tinha 229 vagas para os 17 cursos e só atribuiu 31 vagas, ficando 198 por preencher.

No final da terceira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, a nível nacional, ficaram colocados, nas universidades e politécnicos públicos, 46.544 estudantes, um acréscimo superior a mais de mil novos alunos face ao concurso de 2016, quando nas três fases foram colocados 45.367 candidatos.

Share on FacebookTweet about this on Twitter