Hospital de Évora com nova terapia para Dificuldade Respiratória Aguda

hospitalA Unidade de Cuidados Intensivos Polivalentes do Hospital de Évora dispõe de uma nova terapia extracorporal para tratamento da Síndrome de Dificuldade Respiratória Aguda.

O Hospital de Évora é o oitavo país a utilizar este dispositivo. Esta patologia tem uma incidência de 17 a 34 casos por cem mil doentes/ano, em que a mortalidade varia entre 35 e 46%.

A médica Regina Henriques, diretora da unidade de cuidados intensivos do Hospital do Espírito Santo de Évora, refere que é uma nova terapia para doentes em que já não é possível a remoção do CO2 através do ventilador.

Esta terapia de recurso é uma mais-valia para todos os doentes críticos.

Oiça as declarações nos noticiários da Rádio ELVAS.

Share on FacebookTweet about this on Twitter