Prisão preventiva por roubar bomba de combustível

algemas.jpgO homem, residente em Elvas, detido no passado dia 9 de março, por suspeita da prática de crime de furto qualificado, numa bomba de gasolina em Nisa, ficou em prisão preventiva.

A mesma sanção foi aplicada a uma das mulheres que o acompanhou no crime. O terceiro elemento deste trio, de sexo feminino, ficou sujeita a termo de identidade e residência e à obrigação de se apresentar duas vezes por semana no posto policial da área da sua residência.

Recorde-se que a detenção ocorreu depois dos indivíduos se terem deslocado a uma bomba de gasolina, aguardando no interior da loja que a funcionária da mesma saísse para atender um cliente. Nesse momento, uma das arguidas abriu a caixa registadora retirando do seu interior 610 euros.

Após o furto colocaram-se em fuga tendo sido, mais tare, intercetados pela GNR.

 

Share on FacebookTweet about this on Twitter